Estudos da Língua Brasileira de Sinais I <br><b>Indisponível</b>, Editora Insular

R$45,00

Estudos da Língua Brasileira de Sinais I
Indisponível
[16 x 23cm]

Estudos da Língua Brasileira de Sinais I <br><b>Indisponível</b>
Atenção

Devido a grande procura do livro Estudos da Língua Brasileira de Sinais I no momento não temos em estoque.
Envie mensagem para editora@insular.com.br e peça para reservar seu exemplar.

Em breve novamente disponível para venda na loja virtual.

Série Estudos de Língua de Sinais
Volume I

Organizadores: Ronice Müller de Quadros, Marianne Rossi Stumpf e Tarcísio de Arantes Leite

ISBN: 978-85-7474-709-5
Páginas: 232 il.
Peso: 360g
Ano: 2013
Capa: Lucas Müller de Jesus

A Série Estudos de Língua de Sinais compreende publicações de pesquisas em duas áreas de investigação, a Linguística e os Estudos da Tradução. Essa Série é um desdobramento das pesquisas desenvolvidas nos Programas de Pós-Graduação em Linguística e Estudos da Tradução, da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.
A proposta surge com o crescimento das pesquisas realizadas com a língua brasileira de sinais, tanto no escopo dos próprios programas, como em outros programas de pesquisa. A criação da linha de pesquisa em libras, no Programa de Pós-Graduação em Linguística e da linha de pesquisa em interpretação, no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, criou um espaço para produções de pesquisas atendendo as demandas já institucionalizadas.
A criação do Curso de Letras Libras, em 2006, na UFSC e, posteriormente, na Universidade Federal de Goiás e na Universidade Federal da Paraíba, formaram profissionais da área do ensino da libras e do campo da tradução e interpretação de libras que possibilitaram uma formação com base na área de Letras e fomentaram a iniciação científica. A partir desse curso, o número de mestrandos e doutorandos vem crescendo de forma significativa.
O PGL já conta com 10 dissertações de mestrado e 2 (duas) teses de doutorado defendidas, além das 06 (seis) dissertações e 04 (quatro) teses que estão em andamento. Nos Estudos da Tradução, 9 (nove) dissertações de mestrado foram concluídas e, ainda, contamos com 9 (nove) mestrandos e 6 (seis) doutorandos desenvolvendo suas pesquisas, todos envolvendo a libras.
A Série Estudos da Língua de Sinais traz capítulos relacionados aos estudos linguísticos e aos estudos da tradução. Dessa forma, as duas áreas abrangidas por nossos programas são contempladas.
Além do crescimento da produção de pesquisas no escopo dos programas da UFSC, temos produções espalhadas pelo país. Assim, a Série Estudos da Língua de Sinais abre espaço para que essas produções sejam compartilhadas com a comunidade científica e demais profissionais interessados nas pesquisas com essa língua.
A Lei de Libras 10.436/2002 reconhece a língua brasileira de sinais como língua nacional usadas pelas comunidades surdas do Brasil. A legitimação dessa língua é, também, consolidada por meio das pesquisas desse bem imaterial, uma língua de sinais nacional. Dessa forma, trazemos ao público esta Série Estudos da Língua de Sinais.
Na primeira parte, temos as pesquisas do campo dos estudos linguísticos que inicia com uma contextualização dos estudos das línguas de sinais no Brasil, escrito por Ronice Müller de Quadros. A autora abre esta série apresentando uma retrospectiva histórica das produções relativas a libras ao longo das últimas quatro décadas. Na sequência, Tarcísio de Arantes Leite apresenta as perspectivas para as pesquisas com a língua de sinais no futuro, acenando para a interação das pesquisas com o uso de tecnologias que favorecem a análise da língua de sinais. Com estes dois capítulos, há um delineamento do estado da arte das pesquisas com a libras desenvolvidas e em andamento no país. Temos, então, dois capítulos que resultam de pesquisas desenvolvidas no mestrado por Heloise Gripp, em 2010, sobre as mudanças fonológicas e lexicais de surdos de diferentes gerações, um dos primeiros estudos apresentando dados da libras ao longo da história. Sandra Patricia Farias do Nascimento, apresenta um capítulo sobre os morfemas presos, tema que foi discutido em sua tese defendida em 2008, na Universidade de Brasília. Esse estudo analisa as mãos que são chamadas comumente de mãos passivas nas línguas de sinais, mas que em nada passivas são, pois o argumento da autora é o de que a mão passiva representa morfemas presos que acrescentam significado às palavras formadas em sinais.
Na segunda parte desse volume, temos as pesquisas desenvolvidas no campo dos Estudos da Tradução. Essa parte é iniciada com uma contextualização dos estudos da interpretação da libras e do português, no Brasil, por Silvana Aguiar dos Santos, tema abordado em sua tese de doutorado defendida em 2013. Esse capítulo apresenta o estado da arte das dissertações e teses concluídas nesse campo de investigação. Na sequência, Souza apresenta as percepções da norma surda de tradução no Brasil, analisando as traduções realizadas por tradutores surdos no contexto do Curso de Letras Libras, na modalidade a distância. Norma surda é trazida pelo autor no sentido discutido por Stone (2009) que observa características específicas das traduções realizadas por surdos que precisam ser aprimoradas nos tradutores e intérpretes ouvintes. A norma surda passa a servir, então, como referência para a formação desses profissionais, que, na sua grande maioria, é formada por ouvintes que adquirem a libras como L2. Essa pesquisa de Souza foi abordada em sua dissertação de mestrado, defendida em 2010. O capítulo seguinte traz aspectos dessa norma surda com o trabalho do Nelson Pimenta sobre a adução de fábulas para a libras. O autor apresenta vários aspectos imagéticos da linguagem cinematográficas que aparecem nas traduções das fábulas para a libras, por exemplo, ele traz o uso dos diferentes planos da linguagem cinematográfica como elemento importante do uso espacial das produções em sinais para dar a dimensão visual das relações entre os referentes. Essa percepção das produções em sinais foram apresentadas a partir do olhar surdo, o que Stone e Souza referem como norma surda.
Encerramos o nosso primeiro volume da Série Estudos da Língua de Sinais com o trabalho importante de Carlos Henrique Rodrigues que compartilha neste capítulo um dos aspectos abordados em sua tese de doutorado defendida em 2013, aspectos processuais na interpretação simultânea de português para a libras. O foco dos processos analisados está no monitoramento da velocidade de produção do texto alvo em relação à velocidade de recebimento do texto fonte, que impulsiona o estabelecimento de estratégias de interpretação.

Ronice Müller de Quadros
Marianne Rossi Stumpf
Tarcísio de Arantes Leite
Universidade Federal de Santa Catarina
Programa de Pós-Graduação em Linguística
Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução

Sumário

Apresentação
Ronice Müller de Quadros
Marianne Rossi Stumpf
Tarcísio de Arantes Leite

Parte I
Estudos lingüísticos

Contextualização dos estudos linguísticos sobre a Libras no Brasil
Ronice Müller de Quadros
O futuro dos estudos das línguas (de sinais)
Tarcisio de Arantes Leite
A história da língua de sinais brasileira (libras): um estudo descritivo de mudanças fonológicas e lexicais
Heloise Gripp Diniz
A organização dos morfemas livres e presos em LSB: reflexões preliminares
Sandra Patrícia de Faria do Nascimento

Parte II
Estudos da tradução

Contextualização dos Estudos da Interpretação no Brasil
Silvana Aguiar dos Santos
Percepções da norma surda de tradução no Brasil: o caso do curso de Letras-Libras da UFSC
Saulo Xavier de Souza
Aspectos imagéticos da linguagem cinematográfica e da língua de sinais na tradução de fábulas para Libras
Nelson Pimenta de Castro
Aspectos processuais na interpretação simultânea para a Língua de Sinais Brasileira
Carlos Henrique Rodrigues

Autores

Carlos Henrique Rodrigues
Heloise Gripp Diniz
Marianne Stumpf
Nelson Pimenta de Castro
Ronice Müller de Quadros
Sandra Patrícia de Faria do Nascimento
Saulo Xavier de Souza
Silvana Aguiar dos Santos
Tarcisio de Arantes Leite

Conheça também os livros

Estudos da Língua Brasileira de Sinais II


Estudos da Língua Brasileira de Sinais III


Comentários

Categorias
Administração (29)
Administração Universitária (9)
Agronomia (6)
América Latina (46)
Anarquismo (8)
Antropologia (13)
Automotivação (23)
Avaliação Universitária (16)
Biblioteconomia / Ciência da Informação (5)
Biografia (66)
Biologia (5)
Ciências Sociais-> (69)
Cinema (2)
Coleção Debate Social (2)
Coleção Jornalismo Audiovisual (4)
Coleção Jornalismo e Acontecimento (4)
Coleção Jung sai pra rua (2)
Coleção Linguística (5)
Coleção Pátria Grande (6)
Coleção Pedrinho (3)
Coleção Pensadores da Pátria Grande (4)
Coleção Segurança Pública (2)
Comunicação / Jornalismo (150)
Contestado (11)
Contos (26)
Crônica (26)
Cultura (6)
Desenvolvimento Regional (3)
Direito-> (57)
Ecologia / Meio Ambiente (33)
Economia (27)
Educação (92)
Enfermagem (3)
Engenharia / Arquitetura (13)
Espiritualismo (13)
Esporte (10)
Estudos Culturais (8)
Estudos em Jornalismo e Mídia (9)
Ficção Cientifíca (5)
Filosofia (9)
Florianópolis / Santa Catarina (61)
Futebol (8)
Geografia (23)
Gerenciamento (3)
História (141)
Humor (3)
Infantojuvenil (10)
Jornalismo (1)
Linguística (30)
Literatura (101)
Matemática (3)
Neurolinguística (1)
Nutrição (6)
Permacultura (1)
Poesia (58)
Política (47)
Psicologia (11)
Radiotividade (2)
Relações Internacionais (12)
Religiosidades (15)
Romance (35)
Saúde (23)
Segunda Guerra Mundial (6)
Segurança Pública (10)
Série Comunicação Audiovisual (2)
Série Construindo a Tradução (1)
Série Estudos Culturais (5)
Série Estudos de Língua de Sinais (3)
Série Jornalismo a Rigor (12)
Série Jornalismo e Sociedade (3)
Série Tecnologia Social (3)
Serviço Social (4)
Sociologia-> (37)
Teoria da Decisão (1)
Transporte (3)
VESTIBULAR-> (7)
Pesquisa rápida
 
Utilize palavras chave para pesquisar livros.
Pesquisa avançada
Compartilhar o livro