A Ilha de Santa Catarina no Século das Grandes Navegações, Editora Insular

R$80,00

A Ilha de Santa Catarina no Século das Grandes Navegações
[17 X24 cm]

A Ilha de Santa Catarina no Século das Grandes Navegações
Atenção

Consultar disponibilidade

Para encomendar envie mensagem para editora@insular.com.br

Organizador: Evandro André de Souza

ISBN: 978-85-7474-668-5

Páginas: 440 ilustradas

Peso brochura: 830 g

Ano: 2013

Acompanha DVD grátis do documentário “Santa Catarina: a história não revelada”

Pedidos para capa dura pelo e-mail “editora@insular.com.br “

A coletânea de textos reunida neste livro é um dos frutos do projeto de pesquisa intitulado “Patrimônio histórico, cultura material e naufrágios na Barra Sul da Ilha de Santa Catarina: entre memória e políticas de preservação do patrimônio”. Iniciativa financiada pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci e desenvolvido pelo curso de Licenciatura em História da UNIASSELVI.

Além do livro “A Ilha de Santa Catarina no Século das Grandes Navegações”, o projeto apoiou e participou da realização do documentário “Santa Catarina: a história não revelada”, desenvolvido pelo grupo de pesquisadores e mergulhadores do “Projeto Barra Sul”. Documentário cedido gentilmente pelo Projeto Barra Sul e encartado gratuitamente no livro hora lançado.

A intenção foi a de produzir um material de consulta e estudo para o público leigo sem perder a profundidade e a análise crítica do processo histórico do período estudado. Um material que viesse a contribuir com o ensino da história de Santa Catarina no século XVI. Assim, livro e documentário se complementam na medida em que abordam esse rico período da nossa história de forma inusitada e pouco convencional.

Um dos cenários históricos que inspirou as análises e reflexões foi a região sul da Ilha de Santa Catarina, local esse conhecido no século XVI como Porto dos Patos. Nessa época, os navegadores utilizavam o canal da Barra Sul da Ilha para fazer o seu ingresso na Baia Sul, possibilitando assim a ancoragem e o desembarque em enseadas protegidas.

Assim, a Baia Sul se transformou em um importante ponto de reabastecimento de víveres essenciais para a continuidade da viagem, pois a Ilha já era nessa época o mais importante ponto de parada e reabastecimento para a continuidade da viagem até o Rio da Prata, bem como, para a travessia do Estreito de Magalhães.

Apesar de fornecer boas enseadas e bons pontos de ancoragem, a boca de entrada e saída da Barra Sul é muito perigosa. Neste local existe um estreitamento que cria um ambiente propício para a ocorrência de acidentes marítimos envolvendo os mais diversos tipos de embarcações. O próprio nome do pontal e da praia, chamados de Naufragados, revelam a dificuldade e os perigos para a navegação nessas águas.

Assim, os distintos capítulos problematizam diversos aspectos: das condições de navegabilidade da Barra Sul da Ilha, da posição estratégica, da relação com os nativos, das visões da Ilha segundo os navegadores, dos tipos de embarcações utilizadas nas navegações, bem como as expedições que por aqui passaram no século XVI, priorizando aquelas que, de uma forma ou de outra, tiveram algum tipo de experiências com naufrágios.

RESUMO CURRÍCULO ORGANIZADOR
EVANDRO ANDRÉ DE SOUZA, é natural de Rio do Sul, SC, graduado e mestre em História pela UFSC, possui vários livros e artigos publicados que tratam de temas relacionados a História do Brasil e de Santa Catarina. Atualmente é Coordenador do Curso de Licenciatura em História da UNIASSELVI.

AUTORES QUE CONTRIBUÍRAM COM A OBRA
Amílcar D'Avila de Mello, graduado em História pela UFRGS, especialista em Etnolinguística pela UFSC. Atualmente trabalha como intérprete de conferências e oferece consultoria ao Projeto Barra Sul de Arqueologia Subaquática.

Cesar Augusto Jungblut, graduado em História pela UFRGS, especialista em gestão de EAD pela UNIASSELVI, mestre em História Latino Americana pela UNISINOS. Atualmente é professor do Curso de História UNIASSELVI.

Edison Lucas Fabricio, graduado em História pela FURB, mestre em História pela UFSC. Atualmente é professor nos cursos de graduação em História na Uniasselvi, FURB e UNIDAVI.

Graciela Márcia Fochi, graduada em História pela UPF, mestre em Patrimônio Cultural e Sociedade pela UNIVILLE. Atualmente é professora do curso de História da UNIASSELVI.

Itamar Siebert. graduado em História pela UFSC, mestre em História pela UFSC. Atualmente é professor nos cursos de graduação em História da UNIASSELVI e da UNIVALI.

Jean Carlos Morell, graduado em Filosofia pela PUC/PR, especialista em gestão de EAD pela UNIASSELVI, mestrando em Educação pela FURB. Atualmente é professor do curso de História da UNIASSELVI.

Jó Klainowiski. Graduado em História pela UFSC, doutor em História pela UFSC, pós-doutor em História Ambiental pela UDESC. Atualmente é professor nos cursos de História da UNIASSELVI e da UNICENTRO.

Luciane da Luz, graduada em Ciências Sociais e mestre em Desenvolvimento Regional pela FURB. Atualmente é professora do curso de História da UNIASSELVI.

Luis Augusto Ebert, graduado em Oceanografia e mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental pela UNIVALI. Cursa doutorado no departamento de Ecologia e Recursos Naturais da UFSCar. Atualmente é professor do curso de Gestão Ambiental da UNIASSELVI.

Paulo Cesar dos Santos, graduado em História pela UFSC, mestre em História pela UFSC. Atualmente é professor do curso de História da UNIASSELVI.

Reinaldo Lindolfo Lohn, possui graduação e mestrado em História pela UFSC e doutorado em História pela UFRGS. Atualmente é professor do Departamento e do Mestrado em História da UDESC.

Silvana Montibeller Burg, graduada em Estudos Sociais pela UNIVALI, graduada em História pela UNIASSELVI, graduada em Geografia pela UNIASSELVI, especialista em Pedagogia Gestora com ênfase em supervisão, orientação e direção escolar. Especialista também em gestão na EAD. Atualmente é professora do curso de História da UNIASSELVI.

Silvio Luiz Fronza, graduado em História pela FURB, especialista em Praticas Pedagógicas Multidisciplinares e Gestão Escolar AUPEX. Atualmente é professor do curso de História da UNIASSELVI.

Thiago Rodrigo da Silva, graduado em História pela UFSC, mestre em História pela UFSC. Atualmente é professor do curso de História da UNIASSELVI.

Comentários

Categorias
Administração (29)
Administração Universitária (11)
Agronomia (7)
América Latina (46)
Anarquismo (8)
Antropologia (13)
Automotivação (23)
Avaliação Universitária (16)
Biblioteconomia / Ciência da Informação (5)
Biografia (68)
Biologia (5)
Ciências Sociais-> (71)
Cinema (2)
Coleção Debate Social (2)
Coleção Jornalismo Audiovisual (5)
Coleção Jornalismo e Acontecimento (4)
Coleção Jung sai pra rua (2)
Coleção Linguística (5)
Coleção Pátria Grande (6)
Coleção Pedrinho (3)
Coleção Pensadores da Pátria Grande (4)
Coleção Segurança Pública (2)
Comunicação / Jornalismo (159)
Contestado (11)
Contos (26)
Crônica (26)
Cultura (6)
Desenvolvimento Regional (3)
Direito-> (58)
Ecologia / Meio Ambiente (32)
Economia (26)
Educação (94)
Enfermagem (3)
Engenharia / Arquitetura-> (13)
Espiritualismo (13)
Esporte (10)
Estudos Culturais (8)
Estudos em Jornalismo e Mídia (9)
Ficção Cientifíca (5)
Filosofia (9)
Florianópolis / Santa Catarina (62)
Futebol (8)
Geografia (23)
Gerenciamento (3)
História (140)
Humor (3)
Infantojuvenil (10)
Jornalismo (1)
Linguística (32)
Literatura (110)
Matemática (3)
Neurolinguística (1)
Nutrição (6)
Permacultura (1)
Poesia (58)
Política (47)
Psicologia (11)
Radiotividade (2)
Relações Internacionais (12)
Religiosidades (15)
Romance (36)
Saúde (23)
Segunda Guerra Mundial (6)
Segurança Pública (10)
Série Comunicação Audiovisual (2)
Série Construindo a Tradução (2)
Série Estudos Culturais (5)
Série Estudos de Língua de Sinais (3)
Série Jornalismo a Rigor (12)
Série Jornalismo e Sociedade (3)
Série Tecnologia Social (3)
Serviço Social (4)
Sociologia-> (37)
Teoria da Decisão (1)
Transporte (4)
Urbanismo (5)
VESTIBULAR-> (7)
Pesquisa rápida
 
Utilize palavras chave para pesquisar livros.
Pesquisa avançada
Compartilhar o livro